Vamos dizer adeus ao Digg | Zoom Digital : Reviews de Smartphones, Tutoriais, Notícias

Vamos dizer adeus ao Digg

Por Joatan Fontoura
Categoria: Diversos
jul 17th, 2012
0 Comentários
573 Views

Lançado no fim de 2004, apostando na ideia de relevância na internet ao apresentar uma enxurrada de postagens perante a avaliação dos usuários, o Digg ficou popular na rede em pouco tempo. Em 2006, Kevin Rose, fundador do serviço, estampou a capa da renomada Business Week carregando a frase “How This Kid Made $ 60 Milion in 18 Months” em tradução “Como esse garoto conseguiu US$ 60 milhões de dólares em 18 meses”.

Da mesma forma que com o sucesso de uma ideia e a devida aceitação dos usuários  nas iniciativas propostas, uma startup pode alavancar em poucos meses, tão rápido quanto o fracasso também pode chegar. Para se ter ideia, existem especulações revelando que em 2008 a Google estava disposta em pagar US$ 200 milhões de dólares pelo Digg, marcando o ponto máximo de valorização da empresa. Em 2010 ocorreu uma reformulação no design da plataforma, removendo alguns serviços e tentando deixar a estrutura mais sociável. Contudo, o tempo passou, as mudanças não foram válidas, o serviço acabou perdendo notável relevância na rede, outras propostas mais interessantes acabaram tomando seu lugar no meio online, acabando que na semana passada o Digg foi vendido por nada menos que US$ 500 mil dólares. A compradora foi a Betaworks, empresa por trás do popular serviço de encurtamento de URL´s, Bit.ly, um agregador de notícias para iPad, o News.me, além de outras ferramentas. A ideia da Betaworks é implementar mecanismos do Digg no próprio News.me.

Em 2011, Kevin Rose deixou a administração do Digg. Hoje ele trabalha na Google Ventures e provavelmente lamenta pelo tempo ser mais rápido que seus esforços, e principalmente, sua ideia de conceito proposta lá em 2004.

Fonte: Gizmodo e Vanessa Nunes

About "" Has 381 Posts

Estudante de tecnologias. Trabalha na área de TI, adora todo o tipo de gadgets e nas horas vagas tenta ser twitteiro e blogueiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *