Shuttleworth apresenta o Ubuntu 9.10 Karmic Koala | Zoom Digital : Reviews de Smartphones, Tutoriais, Notícias

Shuttleworth apresenta o Ubuntu 9.10 Karmic Koala

Por Philipe Cardoso
Categoria: Linux
fev 24th, 2009
11 Comments
1032 Views

Anúncio oficial do Mark Shuttleworth feito para a lista de discussão oficial do Ubuntu.

Karmic Koala

Senhoras e senhores, permitam-me apresentar o *Karmic Koala*, mais novo membro do nosso aliterativo zoológico.

Quando você pensa na versão “congelada” do Jaunty talvez venha à cabeça um Koala, nosso mascote oficial do Ubuntu 9.10. Agora você verá o que esperamos terminar a tempo para o lançamento dessa versão.

Continue lendo o resto desta postagem…

Servidor

Um bom Koala sabe achar boas árvores na floresta, mesmo quando sua cabeça está nas nuvens. O Ubuntu planeja manter em uma solução gratuita para a computação nas nuvens usando a API do Amazon EC2, permitindo qualquer um “ficar nas nuvens” usando somente ferramentas open source. Nós atualmente estamos trabalhando na versão beta da AMI do Ubuntu para uso no Amazon EC2.

Durante o ciclo Karmic, queremos um jeito fácil para implantar aplicações nas nuvens, com um pronto-para-rodar ou rapidamente construir uma imagem customizada. O Ubuntu-vmbuilder permite criar com facilidade uma AMI custumizada, mas um portifólio com imagens de perfis padrões tornará fácil a colaboração entre pessoas fazendo coisas parecidas. Você não estaria interessado em fazer da selva Amazon mais fácil de navegar como, digamos, o APT?

O que você precisa para fazer sua nuvem EC2 por conta própria? De todas as árvores da floresta, a favorita do Koala é o Eucalipto. O projeto Eucalipto, da UCSB, te permite criar uma nuvem tipo EC2 central com os seus próprios arquivos e hardware. Não por coincidencia que justo o Eucalipto foi carregado para o universo e será parte do Jaunty – durante o ciclo Karmic esperamos fazer as nuvens dançar, com um crescimento ou encolhimento de alocações de recursos dinamicamente dependendo da sua necessidade. Um Koala inteligente sabe que o melhor jeito de conservar energia é ir dormir, e nesses dias sabe quando acordar e voltar a dormir. Então imagine se nós conseguisemos tornar possível a criação de uma nuvem de computação facilmente que sua energia se reduzir-se-ia a praticamente zero, e voltando ao normal quando o processo fosse mais pesado. Sem precisar beber da fonte de energia quando não for preciso. Se você concorda conoso, nosso Koala irá te ajudar muito mais.

Se isso te parece bastante vago demais para você, então sinto te dizer que isso é só a ponta da computação nas nuvens do futuro. Te convido para se juntar à equipe do servidor no UDS em Barcelona, onde definiremos exatamente as características que serão lançadas em Outubro.

Desktop

A primeira impressão conta. Nós estamos seguindo a risca o desenvolvimento do kernel mode-setting, onde prometemos uma inicialização rápida e direta.

Consideramos opções como o Plymounth da Red Hat, para um boot gráfico em todas as placas que o suportam. Nós fizemos um splash a alguns anos com o Usplash, mas está na hora de criar algo novo e mais chamativo. A notícia boa é que o boot será bonito. A má notícia é que não demorará para apreciá-lo! Demorará somente 35 dias para fazer todo o do Koala e esperamos ter o seu novo estilo o mais rápido possível. A meta do Janty em um netbook é 25 segundos, então vamos ver o quão mais rápido conseguimos no desktop Koala. Ainda queremos proporcionar uma nova experiência no login que complementará o boot gráfico, e que satisfaça tanto pequenos grupos quanto instalações em grandes empresas.

Para aqueles interessados num Mini Me, ou já tem um Dell Mini, o Ubuntu Netbook Edition será atualizado ainda com as últimas tecnologias do Moblin, e turbinar para funcionar melhor em suas telas será nosso desafio. Com milhões de netbooks com Linux pelo mundo a fora, estamos estudando e adaptando sua usabilidade para fazer o Koala mais simples do que nunca. Ainda queremos deixar a instalação do Netbook Remix mais simples e que trabalhe perfeitamente no hardware mais novo, então considere isto um convite para testar o Ubuntu 9.04 se você é dono de um equipamento desse tipo.

A versão Desktop passou por todo um redesign – nós estamos começando com uma mudança drástica para o novo visual do Ubuntu. Marrom tem servido bem, mas para o Koala temos considerado outras opções. Venha para a UDS para ter uma prévia da nova aparência.

UDS em Barcelona, de 25 a 29 de maio

Como sempre, o Ubuntu Developer Summit será recheado de novas idéias, inovações, visitantes e gurus. Será uma área com discussões de altíssimo nível entre desenvolvedores e um ótimo lugar para descansar seus dedos em Maio. Onde a comunidade Ubuntu, os engenheiros da Canonical e parceiros se reunirão para discutir, debater e fazer o brainstorm do Karmic Koala. O evento social é uma estratégia de cada ciclo de lançamento. Jono Bason, o Ubuntu Community Manager tem mais detalhes em http://www.jonobacon.org/2009/02/19/announcing-the-karmic-koala-ubuntu-developer-summit/ , incluindo patrocínios, para ajudar os membros da comunidade.

Mais detalhes do Ubuntu Developer Summit podem ser encontradas em http://wiki.ubuntu.com/UDS .

Um Koala recém-nascido demora em torno de seis meses no berço da família até encarar a selva sozinho. Encaixa perfeitamente com o plano de lançamentos do Ubuntu! Espero muitos de vocês em Barcelona, mas antes disso, na festa de lançamento do Jaunty. Até lá e, saúde.

Mark

Tradução: Irio Musskopf

About "" Has 2042 Posts

23 anos, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a epoca que possuia formato de blog, Podcaster oficial do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia e formado como técnico de informática.

11 Responses to “Shuttleworth apresenta o Ubuntu 9.10 Karmic Koala”

  1. […] por Irio Musskopf (iirineuΘgmail·com) – referência […]

  2. Eduardo disse:

    Utilizo o Ubuntu como SO principal desde 2000. Venho acompanhando a fantástica evolução do sistema desde então, o que teve impulso potencializado a partir do surgimento de distribuições como Mandriva, OpenSuse, Fedora e Ubuntu, que utilizo desde a versão 5.04 (abril de 2005). Até hoje, mesmo testando os novos releases das principais distribuições, o Ubuntu é a distro que melhor atende as minhas necessidades, pois reconhece todo o meu hardware e me fornece software de qualidade e de modo farto e seguro. Espero que as duas novas versões, previstas para este ano, continuem aperfeiçoando tudo de bom que o Ubuntu tem feito até aqui.

  3. Eduardo disse:

    Uma pequena correção: uso Linux desde 2000 e o Ubuntu, especificamente, desde 2005, lembrando que essa distribuição nasceu em 2004!

  4. Ioca100 disse:

    Ao sucesso! Boa sorte ao Ubuntu e a todos.Valeu Mark.

  5. Ricardo Mota disse:

    Onde se lê 35 dias, leia-se 35 segundos.

  6. Que bom que o Ubuntu não será mais marrom, muitas pessoas criticaram a cor do sistema quando e o apresentei.

    • Concordo com você Rafael, o ideial seria que ele viesse já com outras cores mais amigáveis talvez mais claro como o Windows ou melhor o KDE assim as pessoas inclusive poderiam confundior mais o que tornaria muito mais fácil a recepção dele.

  7. Felipe Max disse:

    Excelente artigo. 😀

  8. Tony Quartel disse:

    Uso Linux desde de sempre, e como tenho um farto laboratório contendo todo tipo de hardware, sei bastante sobre o que o Linux é capaz. Alias tenho até um 286 que é o mais antigo aqui e não funciona com Linux… Fazer o que?! Se tem alguém que acredita que Linux é só para servidores, vai estudar criança!!! O Linux já faz muitas estripulias e além do mais é muito divertido brincar com ele. Pois é, o Linux não é de cara amarrada não… Basta saber o que está fazendo… UbuntuNet Migratory bird 10.10 está vindo por aí…

  9. Gostei dessa novidade xc)
    Tava curioso em saber o nome e o que vem de bom no novo ubuntu…
    Obrigado pela notícia amigo..
    :c)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *