Philipe Cardoso 30 anos, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a época que possuía formato de blog, Podcaster do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia.

Produtos eróticos ganham espaço em feira de tecnologia

2 min read

Consolo sexual em formato de pingente da fabricante Crave — Foto: Divulgação/Crave

Depois que um massageador pessoal (Osé) foi banido da CES 2019, alguns brinquedos sexuais tecnológicos conquistaram lugar ao sol na edição 2020. Mas como isso aconteceu? A empresa de bem-estar sexual Lora DiCarlo, que foi banida e teve o prêmio de inovação revogado, teve seu pedido aceito para que dispositivos para saúde sexual fossem permitidos neste ano. A empresa não só teve seu prêmio recuperado nesse processo, como conseguiu mostrar o seu Osé e surpreendeu. Esses modelos de massageadores, por sinal, são bastante usados por garotas de programa e acompanhantes em todo o mundo.

O equipamento tenta imitar o toque humano, estimulando mais de um ponto de excitação da mulher ao mesmo tempo. A empresa acrescentou uma bola interna que se move para frente e para trás no eixo, além de um mecanismo de sucção. A velocidade da esfera e a sucção do estimulador podem ser ajustadas. O eixo pode se curvar para se ajustar a qualquer pessoa.

Além do Osé, outros massageadores inovadores, estimuladores e dispositivos com atividades vibratórias foram apresentados na feira de tecnologia (CES 2020) por empresas que trabalham com produtos voltados para satisfação pessoal. As fabricantes também levaram à feira soluções para tratamento de disfunções sexuais, como um adesivo que retarda a ejaculação precoce.  

Mostraremos a seguir alguns produtos eróticos que foram apresentados na edição 2020 da feira tecnológica:

1. Massageadores Onda e Baci – Lora DiCarlo

A fabricante voltou para o evento trazendo duas novidades para o público feminino, que basicamente oferecem recursos encontrados no Osé, porém, de forma separada. O modelo Onda tem formato curvo, trata-se de um massageador que estimula o ponto G. Já o Baci estimula o clitóris através de sopros de ar quente, com sucção capaz de simular os movimentos do sexo oral. Os modelos têm bateria interna recarregável, são feitos em silicone e são equipados com botões, que ativam o seu funcionamento.

2 – Crescendo –  MysteryVibe

Em 2018, a empresa britânica fabricante de vibradores, MysteryVibe , ganhou o prêmio Design Week de 2018, que tinha entre seus competidores o Apple Watch. Seu principal produto, exibido na CES 2020, é o Crescendo, um vibrador consistente, porém maleável que pode ser moldado e torcido em qualquer formato e que a fabricante garante que se adapta a diversos tipos de corpos O site oficial da empresa ainda traz um guia de posições básicas para quem está começando a se aventurar por essa linha de produtos.

3. Adesivo – Morari

Projetado com base em pesquisas científicas, o adesivo é destinado a homens que sofrem com problemas de ejaculação precoce, usando pequenos estímulos neurológicos para atrasar o orgasmo masculino. O adesivo tem uma bateria de tamanho reduzido que é conectada a eletrodos projetados. O estímulo é feito na região do períneo. Ainda em fase de desenvolvimento, o produto deve chegar ao mercado com opção de controle de atividade através de um aplicativo para smartphone.

4. Vesper – Crave

O modelo batizado de Vesper é uma espécie de colar e seu pingente pode ser usado como um brinquedo sexual. A fabricante, Crave, é uma empresa que desenvolve sex toys sofisticados que prometem fortalecer o empoderamento feminino. A companhia usa materiais não tóxicos para o contato íntimo e fontes de energia recarregáveis em seus produtos. O Vesper é feito de inoxidável e recarregável via USB. 

5. High Fashion – Satisfyer

A Satisfyer levou para a CES 2020 um vibrador com design sofisticado , o  High Fashion Satisfyer. O brinquedo conta com 11 diferentes programas de estimulação feminina. Com visual em aço escovado, o produto funciona como um estimulador de clitóris.

A empresa também apresentou na feira o Satisfyer Connect, um aplicativo de smartphone que estabelece conexão via bluetooth com todos os produtos da empresa, que incluem vibradores clitorianos, vibradores de casal, masturbadores masculinos, anéis, plugues e contas de uso anal, entre diversos outros dispositivos que dispõem da conexão remota.

7. Sex Ring – OhMiBod

Desenvolvido pela marca OhMiBod, o anel vibratório Sex Ring oferece conectividade sem fios para controle de sua atividade. Por meio de Bluetooth, o produto pode ser emparelhado com um celular e se conectar ao aplicativo fornecido pela marca. A partir daí, as vibrações do modelo conseguem até mesmo seguir o ritmo de uma música.

Philipe Cardoso 30 anos, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a época que possuía formato de blog, Podcaster do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *