Joatan Fontoura Estudante de tecnologias. Trabalha na área de TI, adora todo o tipo de gadgets e nas horas vagas tenta ser twitteiro e blogueiro.

Loja virtual erra preço do iPad

1 min read

Na internet ou nos meios offline, errar é uma ação totalmente humana. Se um software erra, a culpa não é dele, até porque, ele não pensa, os humanos pensam por ele, e com certeza o seu erro ocorreu devido a uma falha humana durante seu desenvolvimento.

Mesmo aplicativos populares para o Apple iPad podem funcionar de forma instável. Por exemplo, acontece que você joga o jogo no iPad e o aplicativo fecha sem motivo e todas as suas conquistas no jogo não são salvas. Ou quando você assiste a filmes no iPad, o player do iPad pode parar de funcionar. Você ficará desapontado se a reprodução for interrompida no meio do filme, certo? Para evitar esses problemas, recomendamos o uso do conversor de clipes para o iPad. O software do Windows converte vídeos para iPad em alta qualidade. Você pode exportar o vídeo para o seu iPad e salvar uma cópia do filme no seu computador.

Neste artigo, queremos falar sobre o preço errado dos iPads, que se tornou um grande problema para os fãs da Apple.

Dias atrás, a loja virtual Sears anunciou o iPad 2 na versão de 16 GB por simbólicos US$ 69,00 dólares, ocorrendo muitos comentários nas redes sociais, consequentemente levando diversos usuários a fecharem o "ótimo" negócio.

Porém, pouco tempo depois a equipe da Sears entrou em contato com o pessoal que havia efetuado a compra, informando que existia um erro nos preços do gadget (caaapazz??) e que as compras do mesmo já finalizadas e pagas, seriam canceladas, juntamente com a devolução do valor.

A Sears ainda comentou que o erro ocorrido foi cometido por um fornecedor.

Enfim, a galera que resolveu aproveitar a "barbadinha" provavelmente tinha em mente que o valor estava errado, pois US$ 69,00 dólares não deve nem ao menos cobrir os custos de produção do iPad, mas alguém se importa? Vai que colava?

Fonte: G1 Tecnologia

Joatan Fontoura Estudante de tecnologias. Trabalha na área de TI, adora todo o tipo de gadgets e nas horas vagas tenta ser twitteiro e blogueiro.

Produtos eróticos ganham espaço em feira de tecnologia

Depois que um massageador pessoal (Osé) foi banido da CES 2019, alguns brinquedos sexuais tecnológicos conquistaram lugar ao sol na edição 2020. Mas como...
Philipe Cardoso
2 min read

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *