Invenção permite recarregar o celular com o calor do corpo

Xbox 1080 portátil?
16/09/2009
Pentax Kx grava em 720p e tem 12,4 MP
17/09/2009

Invenção permite recarregar o celular com o calor do corpo

celular carregando

Além de uma grande revolução, o inventor Wulf Glatz levou nesta quarta feira o prêmio de companhias elétricas da Suíça, nesta quarta, ele desenvolveu um sistema que permite transformar o calor do corpo em corrente elétrica e quem sabe até carregar um telefone celular, para realizar esta conversão (calor do corpo em energia elétrica) ele utiliza a diferença de temperatura entre a fonte de calor e a do ambiente, o que não gera emissões de gases poluentes.

O sistema pode se expandir e até gerar energia para uma casa ou até mesmo um carro, outra coisa que torna o projeto muito mais em conta é o fato dele ser 10 vezes mais barato para fabricação do que de outros modelos, além de lançar um sistema que é uma grande alternativa aos meios de produção de energia, o cientista ainda embolsou cerca de 43 mil reais.

Fonte Globo.com

Philipe Cardoso
Philipe Cardoso
26 anos, Advogado, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a epoca que possuía formato de blog, Podcaster oficial do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia.

4 Comentários

  1. Isso só me faz pensar no filme Matrix, quando, no futuro, os humanos serão apenas baterias para as máquinas dominantes.
    Que medo!

  2. […] This post was mentioned on Twitter by Lex Aleksandre. Lex Aleksandre said: Invenção permite recarregar o celular com o calor do corpo: Além de uma grande revolução, o inventor Wulf Glatz.. http://bit.ly/U7Wja […]

  3. vrlemos disse:

    é bem legal, mas esta tecnologia já ta sendo usada a um bom tempo pois li em 2007 que estavão usadas para carregar relógios de pulso.
    tomara q in vista mais para podermos dar adeus as pilhas.kkk

  4. Verdade Vrlemos, mas parece que agora vao divulgar de vez…
    E pelo visto o planejamento é jogar para frente e quem sabe comercializar, afinal pelo que estamos vendo a oportunidade é enorme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *