Gearbest promoção de Junho no pt site promotion
Mininova.org se despede de seus usuários
26/11/2009
Smartbook da Lenovo virá com Android
27/11/2009

gOS na núvem

interface do sistema operacional gOS

Ultimamente muito tenho escutado no conceito de computação em núvem. O conceito, apesar de muito discutido é simples: você roda aplicativos diretamente da internet e seus dados também ficarão por lá. Isso já é possível há algum tempo, por exemplo, com o Google Docs. No seu browser você acessa uma interface parecida com o MS Word ou MS Excel, e quando escolhe a opção salvar, descobre que você tem um 'HD virtual'. Dessa forma, você poderá acessar seus documentos de qualquer lugar, em qualquer computador. Backup ? Nunca mais!

Nesse conceito, a empresa gOS lançou o gOS 3.1: um sistema operacional baseado em Linux, que tem por diferença, sua interface voltada para a núvem (web). Diretamente na barra de tarefas, você acessa por exemplo TVs, músicas, albuns de fotos, o Google Docs (onde essa matéria está sendo escrita agora) e vídeos. Tudo online e diretamente do seu browser. Claro, também é possível instalar aplicativos offline. Mas pra que quando você tem tudo que precisa ali, no seu browser.

O gOS (Good OS) tem uma interface limpa e customizável. Tem um pacote de gadgads que pode personalizar completamente seu desktop e adicionar centenas de funcionalidades ao seu gOS. Por ser baseado em Linux, mostra-se bastante estável e rápido. Realmente uma boa opção para usuários que utilizam somente aplicativos básicos e precisam mobilidade em seus documentos e tarefas.

Philipe Cardoso
Philipe Cardoso
26 anos, Advogado, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a epoca que possuía formato de blog, Podcaster oficial do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia.

2 Comentários

  1. Raphael Bessoni disse:

    legal !! mais tenho uma duvida se temos um computador em casa e ja estamos sempre jujeitos a virus etc. que sao provenientes da internet , isso sera mais seguro ou mais vunevavel ??????

  2. Almir disse:

    Nesse caso, como ficariam os periféricos e dispositivos (devices). Teríamos acesso ao DVD-CD Rom, aos PenDrives etc… Essa é a minha dúvida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *