Google libera o código fonte do “Android”

Teclado pode ser espionado a distância
22/10/2008
É REAL! É REAL! capa de invisibilidade já existe
23/10/2008

Google libera o código fonte do “Android”

Primeiro celular com Android é o G1, lançado nos EUA nesta semana.

O Google liberou, o código do sistema operacional para celulares Android. Com essa oferta, disponível aqui, a empresa pretende fazer com que outras companhias adotem sua plataforma e criem novos aplicativos e funcionalidades para estes aparelhos.

O primeiro celular a adotar o sistema operacional do Google é o G1, feito pela HTC, já lançado nas lojas dos Estados Unidos.

Apresentado em novembro de 2007, o Android nasceu de uma parceria entre o Google e outras empresas chamada Open Handset Alliance. Segundo o Google, essa plataforma ajudará a indústria de celulares fazendo com que a internet funcione em telefones da mesma forma como funciona em computadores (Isso que digo quando falo que Google quer dominar o mundo).

Só lembrando que a Apple também permite que desenvolvedores criem aplicativos para o iPhone, tudo isso para não ficar atrás.

Fonte [G1]

Philipe Cardoso
Philipe Cardoso
26 anos, Advogado, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a epoca que possuía formato de blog, Podcaster oficial do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia.

2 Comentários

  1. Gustavo Cristofori disse:

    IXI.. faz isso não GOOGLE a MS pode copiar o software… mais já que vc é muito Honesto seu Google eu prometo guardar segredo e Fingir que a MS não vai roubar ok…

    Será que o JOBS sabia disso…? olha Google quem avisa amigo é… mais se for de mais peço uma ajuda… cria um S.O e deixa a MS ver o código quem sabe assim 90% dos PCS do mundo podem ser mais rápidos seguros…

    Mesmo assim seu Google grato pela ajuda…

    P.S “Nada se cria tudo se copia… assim dizia pessoas da área de software…”

  2. Cassio Santos disse:

    Acho que é bem sensato o Google disponibilizar o código fonte. O Google não tem condições de manter todos os seus projetos.

    Sem sobra de dúvida, haverão colaborações, notificações de erros e falhas e isso fará com que o Google melhore o Android.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *