Entrevista com Bruno Dulcetti | Zoom Digital : Reviews de Smartphones, Tutoriais, Notícias

Entrevista com Bruno Dulcetti

Por Philipe Cardoso
Categoria: Desenvolvimento
jan 2nd, 2009
4 Comments
552 Views

dulca200Innove(é a modinha agora?) mal começou e já estamos trabalhando duro para fazer um trabalho de alta qualidade e relevância.

Tive o maior prazer de ter uma entrevista concedida de um grande amigo e excelente profissional o Bruno Dulcetti Web Design desenvolvedor Client-Side da Globo.com e dono de um bar muito famoso o “http://www.papodebebado.com/”, foram feitas algumas perguntas de interesse principal para quem está começando na área de desenvolvimento web, vale a pena conferir e ver as palavras de quem sabe.

As perguntas foram feitas por mim com colaboração do Nícolas do portal Oficina da Net.

Antes de começarmos caso queira saber mais sobre  o Bruno, seu blog é o http://www.brunodulcetti.com/blog/e vale a vista 😀

E sem mais delongas vamos ver o que nossas cabeças pensaram em perguntar ao Bruno.

Perguna 1: O que de mais importante é preciso ser abordado na hora da criação do briefing de um site?

  • Bruno: Detalhamento. Esse é o segredo. Não necessariamente você precisa pegar tal ponto, ou esse, ou aquele. Se você não pegar todos os pontos detalhadamente, corre o risco de amanhã te atrapalhar. Portanto, tenha cuidado e detalhe.

Pergunta 2: Como devem ser selecionados os itens a serem destacados em um site?

  • Bruno: Vai de acordo com o público alvo. É sempre bom ter boas idéias para boas abordagens. Tem que bolar algo, pensando no seu público alvo, que possa ser usado. Por exemplo no Papo de Bêbado, onde utilizo uma seção para cada tipo de bebida, com um certo destaque.Depende muito do tipo de conteúdo a ser disponibilizado pro seu usuário.

Pergunta 3: Qual a importância de um site ser acessível?

  • Bruno: Quando você cria um site/blog, você quer entregar o conteúdo pro seu usuário, certo? Antigamente as pessoas eram limitadas a acessarem somente via PC, que ficava em casa ou no trabalho. Hoje em dia não, você acessa de vários tipos de dispositivos, diversos tipos de navegadores. E deixar de entregar para esse é deixar de entregar seu produto e te limitar.E o mais importante é que além disso, temos pessoas que possuem deficiências e não conseguem acessar o conteúdo 100% como nós. Cegos precisam de leitores de tela, o cara que tem problema de vista precisa enxergar com um contraste maior, entre outros exemplos.

Pergunta 4: Qual seria a melhor maneira de “driblar” as incompatibilidades de um site em diferentes navegadores?

  • Bruno: Conhecimento e experiência. Você falar pro designer fazer isso e isso, só pra ficar mais fácil pra você não é legal. Isso limita o designer e é errado você pensar em você mesmo. Pense no usuário. É bom pra ele? Então faça, por mais complicado que possa ser. E isso se ganha estudando, fuçando e errando.

Pergunta 5: Muitos sistemas estão sendo desenvolvidos dentre eles plugins para deixar sites e blogs compatíveis com o Iphone, esta preferencia que está sendo tomada por muitosweb designs em preocupação com a visualização em muitas vezes apenas do iphone poderia prejudicar o desenvolvimento de sites para outros sistemas móveis e até que ponto isto pode ser prejudicial?

  • Bruno: É a famosa hype. É iPhone pra lá, iPhone pra cá. E todo mundo acaba produzindo conteúdo acessível para quem utiliza, já que houve um crescimento absurdo de usuários utilizando ete aparelho. Mas tem muita gente pecando em pensar somente nele. Existem muitos outros dispositivos e que é mais fácil produzir para eles, mas como não é uma hype como o iPhone, não é da Apple, então por que que eu faria? As empresas parecem que só funcionam quando tomam porrada, enxergam que realmente o cliente utiliza o site de outras formas. Antigamente só pelo PC, agora iPhone, mas antes do iPhone, já existiam outros dispositivos móveis.

Pergunta 6: Qual sites que você deixa de exemplo como perfeita usabilidade, e sem alguma usabilidade?

  • Bruno: Olha, sem querer puxar a sardinha pra empresa que eu trabalho, mas eu acho o site da Globo.com muito usável. Você identifica logo o que é esporte, notícia e entretenimento, essa separação por cores fixa na cabeça do usuário. Uma arquitetura bem modafoca, bela separação, respiro e alívio para o conteúdo e logo de cara você sabe o que cada coisa faz: o que é texto, o que é link, entre outros.Outro muito bom é o site da própria W3C, apesar de ser horroroso, visualmente falando. E acho muito bom também o admin do Word Press.Sem usabilidade? A grande maioria dos sites de Bancos, principalmente o do Bradesco, que acessei recentemente e achei tenebroso.

Pergunta 7: Você como programador Client Side da Globo.com o que teria de dicas para os novatos que querem iniciar uma carreira na área?

  • Bruno: Errem. Mas errem bastante. Porque se você está errando, quer dizer que você está tentando. É a famosa regra, aprenda a pescar e não somente comer o peixe. Sempre falo isso porque não gosto de dar tudo mastigado, 100% pronto, apesar do meu blog ser bem mastigado.Mas é por ser tão mastigado, que as pessoas tendem a pedir as coisas prontas, perguntando como faz isso ou aquilo, ao invés de perguntar porque que deu tal erro na hora que eu tentei.Outra dica é participar de fóruns, blogs (se possível, ter um), listas de discussão. Vá para eventos e PRINCIPALMENTE, faça networking. Ter bons contatos é essencial nesse mundo online

Pergunta 8: E como está o mercado Bruno? Está faltando ou sobrando profissional?

  • Bruno: Está sobrando profissionais. Temos bastantes profissionais espalhados pelo Brasil. Porém, este mesmo mercado está carente de qualidade. Temos muitos profissionais, mas poucos são bem qualificados e de alto nível.

Pergunta 9: Qual a principal característica para ser um bom profissional nesta área?

  • Bruno: Saber errar e aprender com o erro. Todos sabemos que errando é que se aprende, só que muitos não aprendem como fazer isso, o “saber errar”. Muitos não se arriscam, perguntam coisas que você, com 10 segundos. acha no Google. Outra coisa é estudo com dedicação, ler blogs, ter networking acima de tudo. Você não aprende nada sozinho. E o principal mesmo é, por incrível que possa parecer, se desligar às vezes. Se divirta, faça amigos, beba uma cerveja, faça sexo (não virtual, por favor), saia da internet um pouco, aproveite a vida, porque ela é muito mais que uma rede conectada e vários zeros e uns. Enlouquecer, nesse aspecto, não faz bem.

Pergunta 10: Qual o navegador que o Bruno Dulcetti usa?

  • Bruno: Bom, oficialmente eu uso o Firefox mesmo. Eu uso Mac, tenho opções entre Safari, Firefox e Opera, mas o oficial e mais usado é o Firefox mesmo, apesar de eu achar muito pesado.

Particularmente adorei as respostas e fiquei muito feliz com o resultado inclusive me motivando a descobrir uma nova carreira, espero que tenha tido o mesmo efeito para vocês.

Mais uma vez agradeço ao Bruno por nos conceder esta entrevista e desejo a ele muito sucesso em 2009.

About "" Has 2042 Posts

23 anos, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a epoca que possuia formato de blog, Podcaster oficial do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia e formado como técnico de informática.

4 Responses to “Entrevista com Bruno Dulcetti”

  1. Noel Rocha disse:

    Excelente entrevista 😉

    Para quem quer começar com design de página está ai algumas dicas.

    Estão de parabéns 😉

    []’s
    Noel Rocha
    http://www.noelrocha.com

  2. […] principal para quem está começando na área de desenvolvimento web, vale a pena conferir e ver a… post completo indexado a partir de http://feeds.technorati.com/search/particularmente Rating 3.00 out of 5 […]

  3. John975 disse:

    Very nice site!

  4. Primeira vez que venho aqui e dou logo de cara com essa entrevista… Ponto positivo
    Muito boa entrevista… apartir de agora acompanho as coisas por aqui.
    Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *