Dicas básicas para criar senhas fortes

Grupo hacker chinês, parará de crackear jogos
08/02/2016
Inception: Epic Games quer construir mundos de Realidade Virtual dentro da própria Realidade Virtual
15/02/2016

Dicas básicas para criar senhas fortes

seguranca_na_web_-_Brian_A_Jackson_Shutterstock

Todo mundo que o momento de criar uma senha nova é um saco. É tão tentador escrever uma sequência de números qualquer ou alguma palavra fácil de ser lembrada. Contudo, senhas fracas são um perigo. São facilmente quebradas e podem fornecer acessos à pessoas indesejadas sobre conteúdos indesejados.

O principio básico para se criar senhas melhores é parar de usar palavras simples ou sequências numéricas. Segundo a lista do SplashData para as piores senhas de 2015, “123456” e “password” continuaram no topo entre as piores senhas.

Por conta disso, é necessário que se mude o mindset ao se criar uma senha. Ao invés de pensarmos em palavras, devemos pensar em frases. Por exemplo, a senha: “generalgoku8000mais” pode até ser boba, porém além de ser fácil de ser lembrada, ela é muito mais difícil de ser  adivinhada(ou quebrada) do que por exemplo “genera1” ou “Goku”. Obviamente, eu não recomendaria usar nenhuma dessas senhas, mas é válido o exemplo ilustrativo.

Outra meta ao se criar uma senha é ter mais do que 8 caracteres, e além disso, não trazer nenhuma referência, mesmo que vaga, a você mesmo. Então o seu endereço quando criança ou o nome do seu primeiro cachorro não vão servir como boas senhas. É importante também misturar algum caractere especial. Felizmente alguns sistemas são capazes de forçar isso, só permitindo que a senha seja criada se ela contiver um caractere especial.

Todos nós somos culpados por ficarmos usando sempre as mesmas senhas. Com tantos sites, fóruns e redes sociais que existem para nós interagirmos, fica bem mais fácil centralizar todos os acessos em um só. Porém eu nem preciso dizer o quanto isso é perigoso. Basta um acesso indevido e o invasor terá acesso a todos as suas contas.

Por fim, uma boa prática de segurança é mudar suas senhas regularmente. Se um site que você  é cadastrado tem os dados roubados, você vai lá e muda sua senha e seu login. Mas ao fazer isso de forma constante, você garante que sempre, ou quase sempre, estará  com o seu acesso relativamente seguro, estando um passo a frente do invasor. Ele pode até descobrir a senha que você usa. Mas como você a mudou anti-ontem, não há nada que ele possa fazer.

Uma ideia válida para ajudar nessa tarefa é fazer uso de algum app que controle senhas. Ele vai criar e se lembrar de senhas complexas que você não vai. Porém esses softwares não são perfeitos. O antivirus Trend’s Micro vem com um gerenciador de senhas. Recentemente, um pesquisador de segurança da Google descobriu que o software poderia aceitar um código por acesso remoto que poderia ser usado para roubar as senhas armazenadas no software. O LastPass, outro gerenciador popular de senhas sofreu um ataque de pishing, revelando as senhas principais dos usuários, que poderiam ser usadas para acessar suas senhas armazenadas

Philipe Cardoso
Philipe Cardoso
28 anos, Advogado, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a epoca que possuía formato de blog, Podcaster oficial do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *