Chegou a vez de Bill Gates falar “mal” do Chrome OS | Zoom Digital : Reviews de Smartphones, Tutoriais, Notícias

Chegou a vez de Bill Gates falar “mal” do Chrome OS

Por Philipe Cardoso
Categoria: Tecnologia
jul 15th, 2009
4 Comments
863 Views

Bill Gates fala do Chrome OS

Se depender do atual e antigo CEO da Microsoft, o Chrome OS não vai ter sossêgo enquanto não mostrar para o público o que vai ter de tão especial, em entrevista a CNET News Bill Gates chegou a afirmar que o Chrome OS não passaria de mais uma distribuição Linux, ele ainda acrescenta que estaria surpreendido da reação do público em considerar algo realmente novo tendo em vista que a tempos já temos o Android rodando em Netbooks e que inclusive tem um navegador web.

E para finalizar ele ainda pergunta, “O que é um navegador? Que não é um navegador?” E querem saber a resposta do homem mais rico do mundo?.

“Em grande parte, é mais um abuso da terminologia que uma mudança real”.

Parece mesmo é que a dupla Steve Ballmer e Bill Gates estão com uma pequena ponta de inveja com o campo de distorção da realidade que o Google assim como a Apple parece possuir, o que diferencia muito de quando um produto com a marca Microsoft é lançado, cheio de pesares e suspeitas.

About "" Has 2042 Posts

23 anos, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a epoca que possuia formato de blog, Podcaster oficial do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia e formado como técnico de informática.

4 Responses to “Chegou a vez de Bill Gates falar “mal” do Chrome OS”

  1. Rodolfo Gomes disse:

    Já estava demorando.

  2. Hugo Luiz disse:

    Vamos esperá no que vai dar
    a gurra continua

  3. Felipe Coutinho Videira disse:

    Ah, fala sério! o Google realmente não tem muita visão de mercado. o Ubuntu Linux cumpre muito bm o papel de Linux doméstico. agora que o Linux estava se concentrando em 4 principais versões (Mandriva, RedHat,Ubuntu e SUSE) o Google vem e lança a quarta. seria muito mais interessante uma parceria do Google com a Canonical, responsável pelo Ubuntu. assim como errou ao comprar o YouTube, o Google errou ao fazer o “próprio Linux”.

  4. Felipe Coutinho Videira disse:

    ops! eu errei. na parte que diz: “o Google vem e lança a quarta”, leia-se: “o Google vem e lança a quinta.”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *