Botão AF-On porque todos deveriam fazer o foco somente com ele

Achamos um jeito para você recuperar seus arquivos deletados
15/03/2018
Veja como usar sua DSLR como Webcam e obter uma resolução surreal em lives e chats
28/03/2018

Botão AF-On porque todos deveriam fazer o foco somente com ele

Salve salve rapaziada, hoje quero falar com vocês sobre o botão AF-ON, presente em câmeras DSLR e responsáveis por fazer o foco automático. Recentemente retirei do botão de disparo a opção de focagem automática, aquela quando pressionamos o botão pela metade (antes de tirar a foto) e ele faz o foco.

No vídeo acima, publicado em nosso canal do Youtube, mostro exatamente o que vou falar neste post, então se você ainda não é inscrito, vai lá e não perde as atualizações do canal que estão bem legais.

Mas então, porque eu deixei de usar o foco no botão do disparador, e o primeiro motivo é para poder travar o foco. Sempre que queremos fazer o foco de um assunto e desejamos recompor a cena, devemos ficar com o dedo indicador pressionando pela metade o botão de disparo, o que faz com que além de eu ficar com o dedo bem cansado, acabe trazendo uma ou outra foto desfocada simplesmente por não ter conseguido pressionar o botão por certo tempo e acabar tirando o dedo.

Portanto, se você pretende deixar o foco fixo em uma posição por um longo período sem ter que mudar para o foco manual, passe a usar o botão AF-ON como método exclusivo de focagem automática.

Outro fator que faz com que o foco realizado pelo botão AF-ON seja melhor, é que em alguns sistemas, ao pressionar ainda que parcialmente o botão de disparo, algumas câmeras irão ativar o VR, para estabilização, o que faz com que isto aumente o consumo da bateria, portanto apenas para direcionar o foco, ao fazer isto pelo AF-ON, este tipo de consumo não acontecerá.

Mais uma vantagem que para mim faz muito diferença, é que na utilização de lentes como a da série L por exemplo, onde você pode fazer um ajuste fino de foco ainda que a lente esteja configurada para foco automático, sempre após fazer aquele ajuste fino e ao clicar no botão de disparo, a câmera iria reajustar este foco fazendo com que você perdesse todo o trabalho de ajuste do foco fino realizado.

Segundo Gary Small, fotógrafo de casamentos e retratos diz que ajusta suas câmeras para “desconectar” o foco do botão de disparo do obturador, pois não pode perder o primeiro momento quando se está fotografando casamentos e outros eventos. “O obturador não irá disparar, se a câmera não travar o foco, há um grande risco de perder uma foto importante. Tente explicar à noiva, ao noivo e a seus pais por que você perdeu o beijo no final da cerimônia ou a entrada triunfal, aquele momento único, porque a câmera não travou o foco e disparou quanto você precisava. O que eu faço? Travo o foco com antecedência e a câmera irá disparar todas as vezes que eu pressionar o disparo do obturador. Isso significa que tenho sempre minhas fotos.”

O profissional Mark Alberhasky faz muitas fotografias de vida selvagem e ele acha que o AF-ON "salva" a bateria e o fotógrafo.

Usar o AF-ON pode aumentar a vida útil da bateria na câmera. Mark explica: “Quando o disparo do obturador controla todas as funções, o foco simultâneo aciona o Sistema de Redução de Vibração (VR). Ao usar o AF-ON ou o foco com o botão traseiro, é possível observar ou seguir um assunto em movimento, ajustando o foco constantemente, sem usar o mecanismo VR até o momento em que o disparo do obturador é pressionado. Ainda que isso pareça ser trivial, ao observar a vida selvagem por longos períodos, esperar um momento específico para disparar o obturador, usar o VR continuamente, tudo isso pode acabar com a bateria. A técnica do botão traseiro usa o VR apenas por breves períodos quando o obturador está realmente liberado, maximizando a vida útil da bateria.”

“A técnica também pode ajudar a diminuir a fadiga do disparador. Todo fotógrafo aprende a pressionar de modo delicado (e tedioso) com o dedo indicador meio pressionado no botão do obturador o suficiente para adquirir e manter o foco sem disparar. Ao mudar o foco para o polegar (no botão AF-ON), o indicador fica mais descansado e relaxado durante um longo dia. Com menos fadiga, é possível ter um melhor toque delicado no botão do obturador, para um disparo suave e uma captura mais nítida.”

 

Philipe Cardoso
Philipe Cardoso
27 anos, Advogado, Carioca, Criador do Portal Zoom Digital, mantém desde a epoca que possuía formato de blog, Podcaster oficial do Zoom Cast. Amante por todo tipo de tecnologia.

2 Comentários

  1. rosy disse:

    1º  Relações. Seja A {1, 2, 3}. Considere as seguintes relações em A:

    R1 = {(1,2), (1,1), (2,2), (2,1), (3,3)};

    R2 = {(1,1), (2,2), (3,3), (1,2), (2,3)};

    R3 = {(1,1), (2,2), (1,2), (2,3), (3,1)}.

    Quais são reflexivas, simétricas, transitivas e anti-simétricas? Desenhe os grafos orientados!

    a) R1 Reflexiva : sim ou não

    Simétrica: sim ou não

    Transitiva: sim ou não

    anti-simétrica: sim ou não

     b) R2 Reflexiva: sim ou não

    Simétrica: sim ou não

    Transitiva: sim ou não

    anti-simétrica: sim ou não

    c) R3 Reflexiva: sim ou não

    Simétrica: sim ou não

    Transitiva: sim ou não

    anti-simétrica: sim ou não

     

  2. Vinicios disse:

    Boa noite tenho uma pergunta,em 3 cestas de frutas a 3 tipos de frutas sendo maçã,uva e morango elas custam ao total 27,00 RS,a festa de uva e 5RS a mais que a de maçã e 3 RS a mais que a de morango quanto custa cada uma cesta  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *