Automatizando as Olimpíadas com um Carrinho de Rádio Controle

41 sec read

Pode ser que muita gente não veja utilidade pra um carrinho de controle remoto. Principalmente os pais que precisam alimentar a vontade dos filhos quanto ao brinquedo, comprando baterias. Com a popularização das baterias recarregáveis, baixando os preço, esse problema já foi solucionado, em partes. Mas na minha infância a reclamação referente aos gatos com isso era frequente.

Pensando em agilizar os processos de avaliação em algumas provas durante os Jogos Olímpicos de Londres, como arremesso de dardos, martelos e discos, por exemplo, em um projeto publicitário em parceria com a BMW, reunindo 160 modelos do Active Es e 40 Mini Coopers, foram fornecidas algumas unidades de carrinhos rádio controlados e caracterizados a partir dos modelos Mini, sendo comum ver os brinquedos pelos estádios. Os carrinhos suportam o trasporte de até 18 Kg e são alimentados por baterias com autonomia de 35 minutos. O controle dos carrinhos é realizado pelo supervisor, tranquilamente acomodado com alguns metros de distância do local onde está ocorrendo a prova, enquanto se necessário, um assistente vai até o devido local da pista para auxiliar.

Fonte: Quadro Rodas e Meio Bit

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *